1 de mai de 2010

Sobre o amor distante...

Se eu tivesse mesmo partido, para nunca mais voltar, teria feito diferença em uma determinada vida. Talvez eu devesse ter tentado me adaptar aos pedaços de vida que restam. Talvez o meu destino me levasse até você. Tive a sensação que dormi por muito tempo, meu coração estava rígido, acostumado ao mundo idealizado que eu permiti entrar. Uma questão de segundos. Estamos perdidos entre palavras agressivas, entre carinhos demasiados. Uma busca onde o amor é captado numa simples vontade.


... “O querer”

Sabe quando alguém te pede para ser feliz? E sua resposta é totalmente sem sentido... O pensamento ativa lembranças dentro de nossa mente, e nos faz sentir um mundo completamente fantasiado em nossa volta. Eu fecho os olhos e te imagino ao meu lado, cobrindo meu corpo com caricias, tornando um momento feliz, me realizando em todos os sentidos.

Eu te quero, como eu sempre tive, te quero dentro da minha mente, dentro do meu mundo. Eu sou sua, você faz parte da minha vida, como ninguém já fez. É você que domina minha mente quando estou só. É você que eu amo. 

Gosto do momento complicado. Tenho maiores loucuras. Sinto o desejo de um beijo. Vivo o gosto do prazer. Sinto-te ao meu lado... E no fim de tudo estamos ligados um ao outro. Uma alma longe da outra, uma vontade, um desejo, uma emoção. Em qualquer vida meu coração será seu...

DESCONHEÇO A AUTORIA

0 comentários: