18 de set de 2011

Cap. 04 - House Of Cards In a Hurricane

Era difícil explicar o modo como suas emoções controladas por tanto tempo desmoronaram com a mesma rapidez que um sopro, por mais leve que seja, consegue desfazer uma casa de cartas. E se foi isso que aconteceu entre os dois? Essa era uma ideia insuportável, desde o inicio Megan sabia que não era apenas mais um caso de amor como tantos outros, se tratava, na verdade, de uma historia de amor implacável, invejável aos olhos alheios, do tipo que, no fundo, todas as garotas sonham ao ouvir contos de fadas. Essa era a história de príncipes e princesas reais que, com sorte, seria contada aos filhos e netos... Mas tudo que restou estava alí, jogado no vento de uma forma abrupta. Será que ele não podia ver isso?


Caso a distancia apenas tivesse sido uma forma que o destino arrumou para mostrar a ele que o sentimento não era tão forte quanto costumava ser não havia muito a ser feito. Era difícil acreditar que essa a versão verdadeira e à essa altura já não existiam mais pensamentos capazes de conforta-la. Enquanto fazia o caminho de volta para seu carro viu o quanto o céu havia escurecido. Estava frio do lado de fora mas por dentro já vinha congelando desde que os olhos se cruzaram com os de Nickolas minutos atrás. O cheiro de chuva no ar trouxe boas lembranças, tudo o que aconteceu estava ali, bem vivo naquelas calçadas, naqueles extensos bancos em madeira polida, em cada passo que dava, como se uma parte dela nunca tivesse partido e voltar fosse a unica maneira de se sentir viva novamente, porque completa... Bem, talvez jamais voltasse a ser. 

Mesmo assim o orgulho ainda era mais forte do que a vontade de dar meia volta e cair nos braços de Nickolas, ele nem estava mais lá alias, foi então que Megan percebeu porque o perfume no ar tornou-se familiar. Não precisou muito para todas as lembranças voltaram e aquela sensação de antes também. Era ele, ninguém mais na cidade usava tal perfume importado. A visão de um loiro alto encostado em seu carro passos a diante era perturbadora e ao mesmo tempo mágico, ainda mais quando esse tal rapaz tem olhos azuis brilhantes que estão diretamente voltados a você.

7 comentários:

It girls disse...

gostei flor, vamos aguardar os próximos capitulos ^^

http://www.profanofeminino.com/

Bel * disse...

oi Jessi obrigada pela visita, seja sempre bem-vinda!
Passe a cada vez aprender com os erros dos outros e não fazer igual!
beijo

Layla Saluanne disse...

aimeudeus,
vou enlouquecer aqui! posta logo,pleasee!
será q o Nick vai falar com ela?
aaaaaaaah

Luna Sanchez disse...

O orgulho atrapalha tanto a vida da gente, né, flor?

=\

Um beijo.

Vida de Garota disse...

Comecei lendo do Cap. 4, mas prometo que quando tiver mais tempo, volto aqui pra ler, como antes!
Você como sempre, com textos perfeitos.
Ah! E o seu Blog, está mais maravilhoso que nunca. Amei, tá lindo! *-*
Saudades de você Jessie!

‎Beijos; @LayllaAlves
http://vidaadegarotaa-vdg.blogspot.com/

♪ Dαyαnє ♪ disse...

Jess, como você é cruel!! O.o'' rs

Sério, vai me matar de curiosidade se não postar logo. Logo agora que o Nick chegou... Estou já inventando um monte de teorias para o que vai acontecer *---*

Parte cinco, por favor! (quero desesperadamente *.*)

~> Beijusss Jess...;*

Jessie ❥ disse...

Dayane e Layla eu sou má não sou haha

Laylla tu volte mesmo *bronca*

Meninas Obrigada (: