14 de jan de 2012

Tonight

Me propongo tanto continuar, pero amor es la palabra que me cuesta a veces olvidar. 
me proponho tanto a continuar, mas o amor é a palavra que me custa às vezes esquecer.
SALVAME- RBD

Esta noite fui deitar desejando que fosse a minha ultima com lembranças de nós dois, que amanha eu pudesse acordar sem teu cheiro impregnado em minha pele, sem essa vontade louca de te encontrar aqui ao meu lado e ouvir sua voz de sono. Meu desejo era pensar em tudo, cada momento, cada carinho, para poder acordar amanha e dizer que essa porcaria toda não importa mais. Porque eu finalmente olhei no espelho e odiei o que eu vi, de alguma forma pareço tão dependente de uma coisa que já não existe mais. E deitei aqui pensando que pouca coisa é essa que eu estou aceitando quando eu sei que mereço mais. Eu me dei por inteiro e você não conseguiu ver porque estava preocupado com outra pessoa.


Hoje fui deitar praguejando teu silencio do outro lado da linda, desejando que tuas palavras ecoassem em minha mente até que ela ficasse vazia só pra não ter que pensar em como vai ser encarar mais um dia sem nenhuma mensagem tua. Porque quando começa errado termina assim. Então, encaro o relógio, é tarde, apenas mais uma hora exatamente como a anterior, desejando poder arrancar de mim todas as lembranças tuas porque esse coração não merece mais sofrer, porque esses olhos estão cansados de derramar lágrimas sempre que aquela musica começa, porque essa boca odeia ter que sorrir e dizer que esta tudo bem quando eu sei que só vou ficar quando deixar de pensar em nós. Deito minha cabeça no travesseiro essa noite com vontade de te deixar partir.

7 comentários:

Anônimo disse...

É MUITO PROFUNDO ISSO! POR ISSO NAO POSSO CONTINUAR.

JHSA

Jeniffer Yara disse...

Então deixe ele partir, deseje muito que esse sentimento errado vá embora, de um jeito ou de outro nós sobrevivemos, mas precisas ficar bem e conseguir dormir a noite sem pensar mais nele :}

Beijos

Harley Quinn ❥ disse...

JHSA, amor, não achei que você fosse realmente ler ):

Jen, to tentando ):

♪ Dαyαnє ♪ disse...

Jessie...

Seus textos sempre tão impressionantemente palpaveis, me dão vontade de chorar e de abraçar a personagem - ou talvez não? - e dizer que vai ficar tudo bem. Talvez eu não possa prometer esse tipo de coisa Jess, muito provavelmente eu não posso; sou apenas uma telespectadora... no entanto acredito que é melhor deixar essa necessidade DELE ir, deixar que a vida faça o melhor para os dois e se reerguer novamente. É provavelmente bem mais fácil na teoria mas pelos seus textos e embora eu não te conheça acho que você é forte o suficiente. Tenho certeza disso.

E mesmo que a gente nem se conheça pode contar comigo tá? espero que saiba :)

~> Beijusss Jessie...;*

Louise Berdine disse...

aaaaaah já disse que me apaixonei por esse texto? Ah muito bom falar no msn com vc, também. bjuus

Anônimo disse...

Parabéns! Esse texto é lindo! Uhu!

Edson disse...

É esse sentimento que nos manter vivos. Amar tem suas facetas dolorosas.
Entre o sofrimento e o sentimento de amar se misturam de uma forma que não compreendemos. O ser humano parece gostar de sofrer. Parecemos masoquistas. hehehe
O Desejo de largar o desgraçado vem, mas parece que não encontra forças para dizer adeus,a pegada do cara é boa demais pra deixar na mão da outra e ficará difícil esquecer como é tão gostoso aquele jeito dele tocar e bla, bla, bla.
Não adianta correr o certo é tentar aproveitar e explorar ao máximo cada momento.
Tudo na vida tem seu tempo e sua hora para se resolver as coisas.