12 de fev de 2012

Odeio.

Sobrevivo por pura ansiedade, com um nó na garganta e é que não deixo de pensar em você.
SÁLVAME - RBD


Odeio a maneira que meu corpo reage a tua presença. Odeio! Odeio o poder que você tem sobre mim, odeio o jeito como meu coração dispara quando meus olhos encontram os teus. Odeio estar a beira de perder o controle, odeio tentar não chorar. Odeio esse teu charme que faz meu corpo todo vibrar, esse teu queixo tão perfeitamente desenhado e odeio as lembranças do teu beijo. Odeio como minhas palavras soam verdadeiras quando tem a ver com você. Odeio não ter você por perto, odeio sentir falta da tua voz, do teu toque, de nós. Odeio ter tanta coisa pra dizer e perder a coragem. Odeio passar as noites acordada em dialogos imaginários por tua causa. Odeio! Odeio acordar e perceber que sonhei com você, de novo. Droga! Odeio ser tão fraca. Odeio ter um coração que ainda bate com aquela força ao te ver. Odeio ter esse nó preso na garganta constantimente. Odeio as perguntas das quais eu ja sei a resposta e ainda ouso questionar, mesmo sabendo que vai doer mais. Odeio meu perfume que te traz de volta a minha lembrança. Odeio querer estar contigo, mas odeio mais ainda estar cara a cara e ser covarde demais para dizer o que sinto. Odeio como te olhar me faz te querer ainda mais do que antes. Odeio agir como se não houvesse mais esperança quando a realidade aqui dentro é outra. Odeio a intensidade do que eu sinto por você, que esta tão longe de ser odio alias, odeio não poder te dizer isso, odeio não poder viver isso. Odeio te querer aqui.

7 comentários:

Miro disse...

Nossa Muito, Lindo, ta com ar meio di Revolta!!!!!!! Bem éssa é Profundaa

Nicole disse...

Isso me faz pensar que eu ando odiando muito ultimamente ): Não é bom -q
Lindo texto.
Besitos!

Bianca disse...

Não é questão de fraqueza.. nem precisa ser odiada.
Só precisa de coragem.. e saber apreciar esse momentos de vulnerabilidade.

Viver é arriscar a todo momento. Querer ficar no nosso canto seguro não trás felicidade.

E digo isso pra mim mesma o tempo todo também.. :)

Anônimo disse...

Lindooo... Odeio todas as coisa q vc disse, ou melhor é td que eu sinto pelo me Rafa.

Déborah-alana disse...

Olá amiga, adorei o post, escreve muito bem :) beijinhooos e ótima semana *-*

Louise Berdine. disse...

Lá vem essa Jess, com os textos que me fazem chorar. Esse então, sério tá perfeito, continua arrasando como sempre.

E a fanfic conseguil terminar?

p.s.: obrigada pelos parabéns :) huhu

Layla Saluanne disse...

Jéh, foi tanta raiva que senti daqui,sério. Esse tocou fundo ! :) Vcê arrasa amg ! AUSHAUHSAUHS '