15 de nov de 2010

Desculpa Se Te Chamo De Amor


Niki sorri. Então se vira e o beija, com aquela boca que tem sabor de amor, como uma menina pequena caprichosa que procura por um beijo e sabe que vai encontrá-lo. Alessandro pega o rosto dela entre as mãos e a olha nos olhos. E mil palavras se trocam naquele seu olhar. Silenciosas, alegres, românticas, apaixonadas. Palavras escondidas, palavras que correm atrás das outras, palavras que pressionam para sair como um rio subterrâneo, como o eco longínquo de um vale apenas descoberto, como aquele alpinista que, com esforço, acabou de alcançar o pico de uma montanha e dali, sozinho, grita ao vento, às nuvens que o rodeiam, toda a sua felicidade.


LIVRO DE FEDERICO MOCCIA

2 comentários:

*Amandha disse...

Adorei *.* é de um livro??
Já estava sentindo falta desse seu romantismo ..Você não estava mais tão romantica rsrs eu achei lindo o templante parabéns ..

⋆ ─ Jessica Zuza; disse...

è sim amiga de um livro chamado 'Desculpa se te chamo de amor' muito romantico, ér eu tbm senti falta do meu romantismo, eu estava sentindo como se não fosse mais eu