9 de ago de 2011

Quimeras...

Todas as manhãs, meu café, seu chá. É lindo a maneira como você me tem em todos os sentidos prevista. Não poderia julgar isso como algo qualquer, que se pode ser atirado ao vento e instantaneamente ser apagado, não mesmo. O nosso amor é doce, é grama, é lua. Talvez mais que isso, quem sabe um violão celo? Meus sentimentos espremidos em um olhar seu, há maior e mais perfeita sintonia? Não! Me sinto como... aquela garotinha do titanic, quando o Leo Di'cáprio abre os braços dela. Dá uma euforia pensar em você, dá um timidez te beijar. e as borboletas no estômago teimam em aparecer toda vez que você fala ao meu ouvido. Todas as músicas fazem sentido para nós. A linha de pensamento flui, como a água, a maravilhosa água. É estonteante a maneira como você me segura pela cintura e é essencial a sua 'pegada monstruosa'. Um completando os sentidos primitivos sexuais do outro. Estamos unidos até o agora, em função de um daqui a pouco que, para mim, poderia ser eterno. É deliciosa a maneira como você me faz sentir. Quando empurra meus cabelo pra trás e me dá um beijo na testa, ou menos quando faz sua cara indefinível, seja de prazer ou de dor, não sei definir. Mas o dom maior é esse, tentemos sempre descobrir. Então, meu amor, fique comigo aqui, agora. tenta ronronar como meu gatinho, bem aqui, perto do meu peito. Me faz ver que a vida vale a pena, que o céu de Brasília é de um azul mais perfeito quando você simplesmente encosta a cabeça no meu ombro. Afoga meus medos e deixe que meus desejos se liberem para sempre, ao seu lado. Seja, pra mim, tudo aquilo o que não sou. Seja a parte que me completa, seja o meu caminhar, seja tudo o que nossos netos possam lembrar. O que desejo é que nossa pequena história seja lembrada ardentemente no período geológico.
RAYANE AMORIM


Gostaram do texto? Da pra perceber que não são palavras minhas, não é? Na verdade quem escreveu foi minha amiga Rayane do blog Quimeras, ela esta postando lá uma web-novela chamada Gabriela, sobre uma garota  em conflito. Vale super a pena visitar o blog dela.

7 comentários:

Babih Xavier disse...

Muito lindooo o texto *-*
doce e delicado
gostoso de ler \o/

Lindo o seu blog viuuu
brigada pela visita ^^

- 'Mayara Isis disse...

Que liindo *-*
Tão bom sentir-se assim ;D

Leandro Lima disse...

KKkKK que massa, uma webnovela. o/
Será que ainda encontro um amor assim?

Jhenyffer Andrade disse...

Eu gostei *-*

Abraços.

♪ Dαyαnє ♪ disse...

Oi Jess, :)

Nossa que texto incrivel *--* Amei de verdade!

A forma como ela colocou as sensações de maneira sensivel e clara...Lindo, lindo *---*

~> Beijusss...;*

Jeniffer Yara disse...

Que lindo post,super verdadeiro e fofo *-*

Beijos

@iamaburguesinha disse...

Que bom que gostaram, fico feliz, não deixem de visitar o blog dela