29 de jul de 2010

Capitulo 02 - I Should Move Away

Já faz mais ou menos um ano não vi ou ouvi falar sobre você, estou sentindo sua falta loucamente. Eu encontrei a carta que você me escreveu continua cheirando como você. Droga, essas doces lembranças.
(How Do You Sleep - Jesse McCartney)

A noite não sempre me fez sentir mais segura, assim que o sol se pôs eu me senti inteira novamente, ficou mais frio, só que o frio já fazia parte de mim, por dentro,o frio já não é apenas uma temperatura pra mim e meu coração já estava congelando há muito tempo. Tinha sido assim desde que Jesse deixou de me amar, desde que ele me deixou. Porque eu nunca acreditei quando ele disse que me magoaria? Já tinha se passado um ano e uau... parecia a eternidade. Especialmente quando eu o vi beijando outra pessoa.

Eu tentei manter distância, mas quando nós dois trabalhamos na mesma empresa, que é um pouco difícil fazer isso. Eu sou um repórter e ele é a estrela em potencial. Sempre tenho que estar atrás dele,ultimamente não tenho tido tanta sorte. Eles atribuído a ele para outras pessoas, mas esta semana, eu não estava tão sortuda. Eu fui designada para o Grammy Awards, em Nova York e o nome dele foi o mais cotado. Nós nem sequer mencionar o fato de que Nova York é o lugar onde nós terminamos na cerimônia do ano passado. É quase como reviver ele e eu detesto isso. Eu não queria vir, mas o meu editor praticamente me obrigou. Ele sabia sobre o meu relacionamento com Jesse e me disse apenas para atuar profissionalmente e que eu não podia deixar minha vida pessoal afetar meu trabalho.

Como eu não posso deixá-lo afetar o meu trabalho? Eu estava apaixonada por ele. Que inferno, eu ainda o amo.

- Eu não acredito que isso ia ser assim tão óbvio - eu ri pra Anne mas o olhar dela estava concentrado atrás de mim.

- Ei linda,- Eu ouvi uma voz dizer e eu congelei. Merda. - Eu espero que você não pense que eu não vi você - ele disse Anne saiu devagar e eu me virei, vi Jesse de pé, empacotado em seu sobretudo preto. Engoli em seco. Eu não sabia o que dizer a ele. Foi a primeira vez que tínhamos nos visto um ao outro em um ambiente não-relacionado aos de trabalho. - Bem? Um ‘Olá Jesse’ seria bom.

- Então, quanto tempo você tem algo com ela?- Desviei o olhar e ele pareceu revirar os olhos. - Desculpe, não... é da minha conta

- Eu não estou com ela, ela é minha nova assistente. Ela tem uma quedinha por mim. E isso é tudo - disse ele levemente.- Ela nem é o meu tipo.- Sorri ligeiramente. Eu sabia que ele estava certo. - É por isso que quando eu olhei para trás vi que você tinha saído? Algum problema com outras meninas me beijarem?

- Jesse, não começa ou eu vou embora - eu disse, olhando para ele. - Eu não quero estar aqui e eu vim caminhar aqui fora porque eu amo este lugar esta época do ano e mais, eu não consigo mais ficar naquele hotel. - Ele balançou a cabeça, olhando uns carros que passavam ao lado da praça - Então, como você esta? - Eu perguntei. Ele levantou uma sobrancelha para mim e sorriu. - Além de todas as indicações e tal?

- Eu sou o melhor, realmente,- ele sorriu. - Como vai você ... além de ser um grande jornalista? - Revirei os olhos. - Eu continuo lendo seus artigos, você sabe?

- Eu já fui melhor - eu respondi,me aconchegando mais em meu casaco assim que uma brisa gelada pairou sobre mim. - Viajando o tempo todo e trabalhando. Você sabe como é.

- Eu te vejo muito por aqui

- Eu vejo você também, o tempo todo - eu suspirei. - Às vezes até demais

- Você não parece feliz com isso - ele disse e eu o olhei. Como eu poderia estar feliz em ver o amor da minha vida o tempo todo quando eu sabia que ele não queria ficar comigo? Como Jesse podia ser estúpido assim?

- Você espera que eu esteja feliz em vê-lo constantemente? - Eu perguntei, virando as costas para ele. Comecei a andar devagar e senti ele caminhar ao meu lado a meu lado. – Você rompeu comigo quando eu estava pensando sobre o nosso futuro juntos e agora eu tenho que vê você todo o tempo e você quer que eu esteja feliz em te ver.

0 comentários: