23 de jan de 2011

Capitulo 12 – I Wasn't That Crazy

Depois de um longo tempo abraçados Amanda e Jesse se sentaram sobre o capô do Jeep a cabeça de dela estava sobre seu peito ficaram de mãos dadas em silencio, Jesse achou que ela tivesse adormecido, mas então ela o olhou nos olhos com um sorriso nos lábios.

- Eu nem sempre fui tão louca assim, sabia? – disse ela se aconchegando ao lado de Jesse que apenas a escutava enquanto passava o polegar delicadamente nas costas da mão dela junto a sua – eu era quieta e reservada, o exemplo de boa garota – continuou ela – meu avô me deu esse Jeep quando eu fiz dezessete anos, eu sempre quis mudar mas eu estava meio que acomodada, minha vida estava toda planejada, eu nunca quebrava regras, mas aquela não era eu.

Não havia ordem nas coisas que Amanda estava dizendo, ela parecia confusa, coisa que Jesse achou que jamais aconteceria, ela sempre estava certa do que dizia, nunca hesitava. Ela estava de novo olhando as unhas pretas descascadas quando Jesse se viu obrigado a dizer:

- Continua amor – ele olhava pra ela compreensivo e ela sorriu, era como se fosse uma garotinha que se sentia protegida com seu ursinho de pelúcia, seus olhos brilhavam, era impressionante como aqueles olhos verdes adquiriam tonalidades diferentes a cada sentimento.

- Eu descobri o câncer pouco antes do meu aniversário de dezesseis, fiz de tudo por quase um ano e meio, mas eu não respondia ao tratamento então eu deixei pra la – ela continuava encarando as unhas – eu estava morrendo mais rápido dentro daquele hospital. Então há mais ou menos oito meses eu decidi que eu seria eu mesma, do jeito que eu sentia que eu era. Já que não podia mais viver uma vida normal então eu vivo uma vida anormal da melhor maneira que posso.


- Mas e aquele remédio? E Porque você não me disse antes?– ele quis saber.

- Eu tomo alguns, pra aguentar a dor – suspirou ela – Eu não queria deixar chegar a esse ponto eu... não queria que soubesse, queria que me conhecesse... vivendo a vida sabe?

- Eu não sou medico, mas tanto tempo sem se tratar... – ele não sabia as palavras adequadas – Como você pode simplesmente desistir assim?

- Você não ouviu nada do que eu disse, não é? – disse ela voltando os olhos para Jesse – Eu não estou desistindo, eu estou vivendo.

Não havia mais o que dizer naquele momento, mas eles não estavam tristes, eles se olhavam com amor, Jesse a puxou para se e a beijou com uma intensidade muito maior que antes, um beijo daqueles faria qualquer um perder o controle, estremecia o corpo inteiro, ele a levou para dentro do carro e ali ficaram até o amanhecer, nunca havia conhecido alguém que amasse tanto a vida quanto aquela garota, não parecia justo, nem sequer parecia real, mas ele realmente não se importava agora, só queria estar com ela.

5 comentários:

Káah disse...

li a fic desde o primeiro capítulo, e não sei pq falou q o 12 não estava mto bom, eu gostei muito. Gosto muito da personagem principal ^^ ela é cheia de vida e loucura

Melissa's disse...

Eu também amei a fic é perfeita *.*

Parabéns Jessica!

Bjs
Mel

♪ Dayane ♪ disse...

Oi Jess,

(sim, estou te enchendo de novo =P)

Eu gostei o/ Mas, estou ficando com mais dó ainda...rs

Ficou ótima Jess...;)

~> Beijusss...

Lilly M. disse...

Lii e gosteii'
escreves muito bem.

*_*
Sucesso (yn)

⋆ ─ Jessica Zuza; disse...

Obrigada, que bom que estão gostando